Casal catarinense muda o estilo de vida por meio do atletismo Charles Guerra/Agencia RBS

Casal mudou o estilo de vida em menos de um ano

Foto: Charles Guerra / Agencia RBS

— Prepara e vai.

Foi a frase que Gelsomar, 36 anos, e Franciela, 34 anos, ouviram do treinador, há pouco mais de um ano, no primeiro treino de corrida de ambos. Um novo esporte que abria as portas a duas pessoas sedentárias e cheias de problemas de saúde. De setembro de 2014 a outubro de 2015, o casal se preparou, foi, melhorou as condições físicas, perdeu muitos quilos e, neste domingo, estará largando para disputar a Meia Maratona Internacional Caixa de Florianópolis.

Leia mais sobre vida outdoor em Aventura SC
Meia Maratona de Florianópolis confirma principais nomes para 2015

Ele, Gelsomar, 33 quilos a menos do que quando decidiu mudar o estilo de vida, ganhou mais que uma parceira de corridas. Já ela, Franciela, além de menos colesterol e exames clínicos mais equilibrados devido à vida saudável, também virou uma excelente atleta, contando no currículo alguns pódios, um deles o terceiro lugar no início do mês, nos 10k da corrida do Sesi, com excelente pace de 4'54" (pace é o tempo que o atleta consegue percorrer em um quilômetro).

A frase mágica ouvida desde que se incorporaram à assessoria Just Run virou blog para contar a história de sucesso (preparaevai.com.br). E se transformou em mais um exemplo da magia e da transformação que a corrida pode fazer por quem adere a este democrático esporte, que pode ser praticado em qualquer lugar e horário e exige apenas o investimento inicial em um bom tênis. E força de vontade, claro!

Motivação que Franciela encontrou no desejo de ajudar o marido e a si própria. Obeso, Gelsomar foi alertado pelo nutricionista da necessidade de mudar hábitos, entre eles rotineiramente comer hambúrgueres, duas a três vezes na semana.

A péssima qualidade da alimentação, basicamente composta por produtos gordurosos e laticínios, se aliava perigosamente ao fato de a dupla estar há mais de 15 anos sem praticar nenhuma atividade física. Uma vida que se resumia em trabalhar, voltar para casa, sentar em frente à TV e comer.

— Éramos absolutamente sedentários. E não bastaria só ele mudar, eu teria que mudar junto. Sequer sabíamos o que era um alimento funcional. Meus exames clínicos e os dele eram horríveis, era preciso tomar uma atitude — conta Franciela.

— Procuramos a assessoria e começamos sem muito propósito, cheguei só para acompanhar o Gelsomar, avisei o professor assim: "vou só olhar". Quando vi estava correndo junto com ele e o bichinho da corrida mordeu a gente — comemora.

O casal, 12 provas de corrida depois, perdeu gordura corporal, ganhou massa magra, qualidade de vida no trabalho dela, analista de gestão de pessoas, e dele, analista de aquisições, e planos para um futuro animador: depois da Meia Maratona de Floripa, eles projeta am a primeira viagem internacional, a Meia Maratona de Punta del Este, no Uruguai.

A rotina da dupla? Atividade física cinco vezes por semana, três dias de corrida (coincidentemente substituindo o números de dias antes dedicado aos hambúrguer es) e dois de reforço muscular na academia do prédio onde moram.

Eles estão preparados, e vão...

E você?

 

Serviço

11ª Meia Maratona Internacional Caixa de Florianópolis
Data:
Domingo, 11 de outubro
Local: Avenida Beira-Mar Norte, Praça do Sesquicentenário
Horário da largada: 7h
Site: www.meiamaratonafloripa.com.br

DIÁRIO CATARINENSE
 DC Recomenda
 
 Comente essa história