Enem em Santa Catarina terá 2% menos candidatos que no ano passado Carlos Macedo/Agencia RBS

Para o MEC, fim de benefícios para quem falta na prova explicaria a diminuição

Foto: Carlos Macedo / Agencia RBS

Acompanhando a queda nacional no número de inscritos para o Enem deste ano, Santa Catarina também registrou diminuição em relação a 2014 no total de candidatos que prestarão as provas. Serão cerca de 160,7 mil estudantes no Estado, ou 2% a menos que no ano passado, quando foram 164,1 mil. As provas ocorrem neste sábado e domingo em todas as regiões do Estado.

Enem 2015: O que (e como) revisar antes da prova?
Vídeos: dicas dos professores para quem vai fazer o Enem
Veja aqui como conferir o seu local de prova

No país, a queda em relação a 2014 foi bem mais acentuada – 11,2% menos candidatos, quebrando uma sequência de aumentos que vinha desde 2008.

Desde aquele ano, quando o MEC promoveu uma transformação na função e no formato do Enem, todas as edições haviam registrado crescimento, tanto em SC quanto no Brasil. Na prova de novembro de 2014, por exemplo, o Estado teve aumento de 28,4% no número de inscritos, enquanto o país registrou 21%.

A principal hipótese do Ministério da Educação (MEC) para a inédita queda  é a redução no número de isentos que ainda não sabem se irão prestar a prova. A pasta justifica que, ao contrário do que ocorria antes, quem ganhar isenção e faltar no exame perderá o direito de não pagar nos próximos anos. No ano passado, 2,2 milhões de pessoas faltaram, gerando prejuízo para a organização.

Por isso mesmo, diz o MEC, o número de quem pediu isenção caiu de 52% do total para 44%: seriam aqueles que ainda estão em cima do muro acharam melhor não descartar o benefício.

Em contrapartida, o número de pagantes aumentou de 3,1 milhões em 2014 (32,4% do total) para 3,4 milhões (40,2%). O custo de inscrição aumentou pela primeira vez desde 2004 – de R$ 35 para R$ 63.

O Enem 2015 ocorre em 24 e 25 de outubro e serve tanto para quem pleiteia uma vaga no ensino superior federal quanto para quem busca um financiamento em uma instituição privada. A nota também pode ser utilizada para intercâmbios como o Ciências Sem Fronteiras e até para validar o Ensino Médio (veja aqui os programas que usam a nota da prova).

Neste ano, os portões fecham mais cedo, às 13h nos dois dias, mas as provas só serão entregues às 13h30min. Nestes 30 minutos, fiscais poderão usar detectores de metal e os candidatos serão orientados a guardarem os celulares e demais equipamentos eletrônicos.

 

DIÁRIO CATARINENSE
 DC Recomenda
 
 Comente essa história