Facebook anuncia seis emojis para usuários reagirem às publicações na rede social Facebook/Reprodução

Curtir, amor, riso, alegria, surpresa, tristeza e raiva

Foto: Facebook / Reprodução

O Facebook anunciou nesta quinta-feira que começará a testar seis novos emojis para os usuários reagirem às publicações na rede social. Além do tradicional botão de curtir (like), representado por uma mão com o polegar em riste, também haverá pequenas figuras para expressar amor, raiva, surpresa, alegria, riso e tristeza.

Os emojis estarão disponíveis para a maioria dos usuários da Espanha e Irlanda até esta sexta, segundo informações do The New York Times.

Facebook vai permitir "gifs" como fotos de perfil

Adam Mosseri, diretor de produto do Facebook, disse para o jornal nova-iorquino que serão avaliadas como as pessoas desses dois países usarão os botões e os redefinirão, antes de expandir a novidade para cerca de 1,5 bilhão de usuários da rede social.

Segundo o site Engadget, por enquanto, todos os emojis serão contadas como "like". Então, ao conferir o engajamento, o administrador não terá que lidar com tantas reações.

Facebook anuncia lançamento de vídeos 360º

Em sua página no Facebook, Mark Zuckerberg publicou um vídeo mostrando como será a novidade.

Today we're launching a test of Reactions -- a more expressive Like button. The Like button has been a part of...

Posted by Mark Zuckerberg on Quinta, 8 de outubro de 2015


– Não é um botão de "dislike", mas isso lhe dá o poder de expressar mais facilmente tristeza e empatia, além de prazer e aconchego – explicou na publicação.

Facebook atinge a marca de um bilhão de usuários em um único dia

Em setembro, durante uma sessão de perguntas e respostas aberta ao público, realizada em Menlo Park, cidade onde está localizada a sede do Facebook, Zuckerberg confirmou que o botão "dislike" estava em desenvolvimento. Porém, ele ressaltou que a empresa não queria transformar o site em uma espécie de fórum, no qual as pessoas colocam os posts para cima ou para baixo, além de evitar que aquela postagem sobre seu dia seja "não curtida".

— Percebemos que as pessoas não querem rebaixar os posts dos outros. Elas querem uma forma de expressar empatia. Nem todos os momentos são bons. Você pode estar compartilhando algum história dos refugiados que te emocionou ou a perda de uma familiar. Vai ser importante ter mais do que o botão "like" para expressar seus sentimentos em um post — salientou Zuckerberg.

* Zero Hora

 DC Recomenda
 
 Comente essa história