Sorteio seleciona quase mil idosos para atividades no Cati de São José Viviana Ramos/PMSJ

Foto: Viviana Ramos / PMSJ

O sorteio para participar das atividades do Centro de Atenção à Terceira Idade (CATI) de São José selecionou, na última quarta-feira, quase mil idosos para oficinas semanais de atividades físicas e socioeducativas como dança, hidroginástica, ginástica, jogos aquáticos, pilares, canto, informática, italiano e curso de "aprendendo a viver na terceira idade".

Este ano, a prefeitura realizou uma série de mudanças no CATI. Uma delas foi a inscrição dos idosos no CRAS (Centro de Referência de Assistência Social), readequando a política de Assistência Social. Outra modificação foi o sorteio público, conforme previsto no Edital 001/2017, onde a pessoa da terceira idade pode optar pela atividade de interesse.

No ato da inscrição, cada idoso escolheu duas modalidades para praticar durante o ano. A partir da próxima terça-feira (11), os sorteados poderão efetuar a matrícula, quando serão informados sobre os dias e horários de cada atividade escolhida. A lista será publicada no site da Prefeitura, no Diário Oficial dos Municípios (DOM) e nos murais do CATI e dos CRAS.

Para frequentar o CATI, o idoso precisa ter 60 anos ou mais e residir em São José. No dia da inscrição é necessário levar a carteira de identidade, CPF, comprovante de residência, atestado de saúde para a prática de atividades físicas e um atestado de saúde específico para quem for praticar hidroginástica.

Foto: Viviana Ramos / PMSJ

José Hugo Fassinho Filho, de 66 anos, foi sorteado para participar da oficina de dança.

— Eu fiz dança no ano passado e vou continuar este ano. O trabalho realizado aqui é excelente. O idoso já contribuiu muito com a sociedade e agora merece espaços como o CATI — destacou José.

Além das atividades, o CATI também recebe os grupos de idosos para tardes dançantes e encontros em datas festivas para estimular a convivência e sociabilidade. Em 2016, foram mais de 14 mil atendimentos por mês. O CATI mantém uma parceria com a Defensoria Pública da União para o atendimento aos idosos que necessitam de assistência jurídica.

Confira todas as notícias da Grande Florianópolis


 DC Recomenda
 
 Comente essa história