Motoristas estão sendo orientados a procurarem rotas alternativas Foto: Salmo Duarte / A noticia

Um deslizamento de terra provocou a interdição total para o tráfego de veículos de trecho da rua dos Suíços, no bairro Costa e Silva, zona Norte de Joinville. A residência que fica em cima do barranco, na rua Joaquim de Paula Tavares, foi afetada. Segundo o proprietário da casa, Edemar Roberto Silva, de 48 anos, a situação ocorreu na madrugada desta terça-feira.

Leia as últimas notícias de Joinville e região em AN.com.br

O trecho interditado pela Defesa Civil é próximo da rua Antônio Honorato Maria e da antiga pista de testes de motocross do piloto Milton Chumbinho Becker. Equipes da Subprefeitura Centro-Norte estiveram no local, mas a remoção da terra depende das condições climáticas e da avaliação técnica da Defesa Civil.

Asfalto da rua Joaquim de Paula Tavares também desmoronou Foto: Salmo Duarte / Agencia RBS

Um pedaço do muro do imóvel de Edemar ficou suspenso e uma grande rachadura se abriu no local. A pavimentação da rua onde está situada a casa também cedeu. Restos de árvores, entulhos, parte do asfalto e muita água trancaram a rua dos Suíços.

A principal preocupação do morador é que, com a previsão de chuva para os próximos dias, a situação se agrave no local e o restante do morro ceda, levando o muro da residência. Segundo ele, a Defesa Civil esteve no local nesta manhã e o tranquilizou, já que a construção de Edemar é longe da cerca e não há risco de afetar diretamente o imóvel. O órgão não interditou o local.

— A situação aqui é complicada. Como a rua dos Suíços dá acesso à BR-101, passam muitos caminhões lá embaixo e trepida aqui em cima. Muitas pessoas também depositam entulho por ali. Tudo isso, e mais a chuva dos últimos dias, acho que contribuiu para essa situação — afirma o morador.

Parte do muro da residência de Edemar ficou suspendo por causa do deslizamento de terra Foto: Salmo Duarte / Agencia RBS

De acordo com a Prefeitura de Joinville, ainda há risco de novos deslizamentos no local porque o solo está bastante encharcado. O coordenador da Defesa Civil em Joinville, Márnio Luiz Pereira, salienta que, devido às condições da terra, somente poderá ser feita a remoção dos resíduos da via pública quando o tempo melhorar. Até lá, o trecho permanecerá interditado.

— Nós estamos monitorando a situação naquela região, mas vamos retirar a terra da rua somente quando o tempo melhorar — aponta.

O local está sinalizado e os motoristas devem procurar rotas alternativas até que a via seja completamente liberada. Por causa da chuva, sobe para 10 mil o número de pessoas afetadas em 88 cidades de Santa Catarina. O estado de alerta continua em Joinville até a próxima quinta-feira.

Leia também:
Confira a cobertura das chuvas em Santa Catarina


 Veja também
 
 Comente essa história