Tempo seco aumenta alerta para focos de incêndio em Santa Catarina Divulgação/Polícia Militar

Parque Estadual do Rio Vermelho teve 20 mil metros quadrados atingidos por incêndio na tarde desta terça-feira

Foto: Divulgação / Polícia Militar

O tempo segue seco nesta quinta-feira em todas as regiões do Estado, o que faz com que o número de focos de incêndio aumentem a cada dia. Segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), desde o começo do mês já foram detectados 290 focos em Santa Catarina, 24 deles apenas na última terça-feira. O Estado segue com previsão de risco de fogo durante essa semana, segundo o Inpe.

Um dos incêndios atingiu o Parque Estadual do Rio Vermelho, em Florianópolis, que teve dois hectares queimados na beira da estrada, na altura do km 12 da Rodovia João Gualberto Soares. Daniel de Araújo Costa, chefe do Parque, acredita que o fogo tenha sido causado por um ritual religioso com o uso de vela:

— Nós pedimos que a população fique atenta, não é permitido fogo no Parque em hipótese alguma. Então não podem ser realizados rituais religiosos com velas, churrascos e as pessoas também não devem jogar bitucas de cigarro — esclarece.

Foco de incêndio no Parque Estadual do Rio Vermelho começou a partir de vela presente em ritual religioso Foto: Divulgação / Divulgação

Segundo Bianca Souza, técnica em Meteorologia da RBS SC, esse já é considerado o segundo ano com maior ocorrências de focos de incêndio em julho desde 1998 no Estado, ficando atrás apenas do ano passado, quando foram contabilizados 479 focos. A média para este mês é de 63 focos de incêndio.

Leia também:
Bombeiros e Polícia Ambiental combatem incêndio no Parque do Rio Vermelho, 

Santa Catarina registra 164 focos de incêndio só neste mês

VÍDEO: incêndio atinge região de mata nativa em Imbituba

 Veja também
 
 Comente essa história