A ingestão de crack levou um cachorro a matar o próprio dono em Londres, na Inglaterra, segundo investigação do incidente ocorrido em março deste ano durante as gravações de um documentário da rede britânica BBC sobre drogas. De acordo com o jornal The Guardian, Mario Perivoitos, 41 anos, teve ferimentos fatais no pescoço e no rosto.

O inquérito aberto indica que o comportamento agressivo do cão, um Staffordshire Bull Terrier chamado de Major, foi motivado pela ingestão da droga. Um médico veterinário analisou amostras de urina do animal, que apontaram para a presença de crack e morfina.

– Provavelmente o cachorro comeu a droga. Quando isso acontece, os animais ficam excitados e agitados. É provável que esse ataque tenha ocorrido porque ele ingeriu o crack – afirmou o veterinário Nicholas Carmichael ao The Guardian.

rdgol, cão, raça
Um cão da raça Staffordshire Bull Terrier (como o da foto) atacou o dono Foto: Wikipedia

Uma equipe da BBC estava na casa da vítima para gravar o documentário e tentou afastar o cachorro do dono durante o ataque. Uma ambulância foi chamada, mas Perivoitos morreu no hospital.

A investigação apontou que os ferimentos provocaram a morte. A vítima também havia ingerido a droga antes do incidente.

No inquérito foi sugerido que o cão fosse sacrificado, mas não há confirmação se isso ocorreu.


 Veja também
 
 Comente essa história