Crianças fogem de creche construída sem muros em Navegantes Luiz Carlos de Souza/Arquivo Pessoal

Foto: Luiz Carlos de Souza / Arquivo Pessoal

Duas crianças de quatro anos de idade fugiram de uma creche em Navegantes durante uma atividade no pátio. Como a escola não tem muros, elas precisaram apenas passar por uma cerca esburacada  para chegar até a rua. Os professores só teriam percebido que eles haviam saído quando eles já estavam voltando para a creche. O caso ocorreu na terça-feira da semana passada, quando os alunos ensaiavam para o desfile do Dia da Independência.

No pátio onde brincam as 300 crianças da creche, qualquer pessoa entra ou sai a hora que quiser. A única barreira é uma cerca que tem buracos por toda parte.

— Quando cheguei aqui, a professora dele estava apavorada, como mãe, estava apavorada. Ela falou "quando eu vi eles estavam vindo lá da rua, com a mochila, as roupas caindo". Imagina se não volta? E se não volta? — questionou Paola Cristina da Silva, mãe de uma das crianças, em entrevista à NSC TV.

A creche fica ao lado de um terreno baldio. As crianças teriam contado para os que percorreram todo o terreno e foram até um ponto de ônibus. As professoras só perceberam quando elas já estavam voltando.

— Não fazemos nem ideia (de quanto tempo demorou), foi durante todo o tempo do ensaio do 7 de setembro dentro da creche — disse Gabriela Vicente Nunes, mãe da outra criança que fugiu.

Por onde as crianças saíram, entram cachorros e, segundo as mães, vândalos que destroem os trabalhos dos alunos a noite e nos finais de semana.

A creche foi inaugurada pela prefeitura de Navegantes em junho de 2011 e nunca teve muro. A secretária municipal de Educação diz que foi uma falha da gestão anterior e que já fez a manutenção da cerca várias vezes. Ela garante que já nesta quarta-feira começa a construção do muro.

— Eu acredito que leve de 15 a 20 dias para o muro ficar pronto, até porque a extensão dele é bem grande — explicou a secretária Regina Correia.

*Com informações da repórter Patrícia Silveira, da NSC TV.

Leia mais notícias sobre educação

 Veja também
 
 Comente essa história