Cerca de 30 mil candidatos fazem prova do concurso para professores neste domingo em SC Lucas Correia/Jornal de Santa Catarina

Foto: Lucas Correia / Jornal de Santa Catarina

Cerca de 30 mil profissionais da educação inscritos no concurso público para contratação de professores na rede estadual em SC realizam a prova neste domingo, dia 8.  O edital é para contratar 600 professores efetivos para trabalhar em sala de aula e 400 para administração de escolas, o que dá uma média de 30 candidatos por vaga. 

Os candidatos aos cargos de professor, assistente de educação, supervisor escolar, administrador escolar e orientador educacional, da educação básica irão responder questões de conhecimentos gerais e específicos, estes referentes ao cargo inscrito. A prova tem caráter classificatório e eliminatório e começa às 13h.

Para os candidatos a professores a prova será composta por 30 questões de múltipla escolha, sendo 10 de conhecimentos gerais e 20 de conhecimentos específicos. Para o candidato ao cargo de professor, que optar por mais de uma disciplina, a prova objetiva terá 20 questões de conhecimentos específicos para cada disciplina. Aos candidatos ao cargo de assistente de educação, supervisor escolar, administrador escolar e orientador educacional, a prova terá 30 questões, sendo 10 de conhecimentos gerais e 20 específicos.

As provas serão realizadas nas cidades de Araranguá, Blumenau, Brusque, Caçador, Canoinhas, Chapecó, Concórdia, Criciúma, Curitibanos, Itajaí, Jaraguá do Sul, Joaçaba, Joinville, Lages, Mafra, Palhoça, Porto União, Rio do Sul, São Lourenço do Oeste, São Miguel do Oeste, Tubarão, Videira e Xanxerê. 

De acordo com comunicado da Acafe, responsável pela prova, é expressamente proibido ao candidato fazer qualquer anotação relativa as suas respostas e questões da prova. A prova será anulada e o candidato automaticamente eliminado do concurso caso for surpreendido em qualquer momento durante a a prova ou após sua saída da sala, com cópia de seu gabarito de respostas ou com material de prova. 

A Acafe irá disponibilizar no dia seguinte ao da prova, juntamente com o gabarito preliminar, um arquivo em PDF com todas as questões das provas devidamente resolvidas com justificativa sobre a alternativa correta. 

O candidato será considerado classificado na prova objetiva se obter nota mínima de 5 na prova de conhecimentos gerais e de 12 na prova de conhecimentos específicos. A partir da classificação deverá, obrigatoriamente, apresentar documentação para comprovação da Prova de Títulos, segunda etapa do concurso.

O local pode ser confirmado pela internet, no www.acafe.org.br, ou pela Central de Atendimento da Acafe, pelo telefone (48) 3224 8860, no dia anterior à prova em forma de plantão das 9h às 17h.

O preenchimento das vagas na primeira chamada será efetuado nos dias 13, 14 e 15 de dezembro, com início às 9h, na sede da Gerência de Educação da Agência do Desenvolvimento Regional (ADR) ou Coordenadoria de sua opção.

As contratações darão um fôlego ao magistério estadual, mas ainda contribuem pouco para o que determina o Plano Estadual de Educação, de garantir pelo menos 80% de professores efetivos na rede estadual até 2024. Nos últimos dados divulgados pela Secretaria de Educação, em agosto, os efetivos correspondiam a apenas 44,6% do total de professores. Além disso, só entre abril e agosto deste ano, 467 professores deixaram de ser efetivos. No total, são 18.584 professores efetivos. Os  Admitidos em Caráter Temporário (ACTs), no entanto, saltaram de 20.444 para 23.081, um aumento de 2,6 mil profissionais. 


Leia também:

Apesar de fôlego, contratação de mil professores para rede estadual será insuficiente, dizem especialistas

Secretário Deschamps anuncia novo concurso público para magistério

Professores de 40% das cidades de SC recebem menos do que a média nacional

Edital abre inscrições para candidatos a diretor em 204 escolas da rede estadual

Nenhuma das sete metas do Plano Estadual de Educação que vencem até dezembro estão cumpridas

"Teremos de reposicionar prazos", diz secretária adjunta sobre metas Plano Estadual de Educação

 Veja também
 
 Comente essa história