Prefeitura esclarece a situação de médicos na UPA Norte de Florianópolis Edu cavalcanti/Agencia RBS

Foto: Edu cavalcanti / Agencia RBS

Assessoria da Secretaria de Saúde de Florianópolis questiona as informações do Sindicato dos Médicos sobre a falta de profissionais para trabalhar na UPA Norte. Diz a nota: "Prefeitura de Florianópolis está corrigindo um erro histórico no cálculo do pagamento das escalas de plantões feito aos médicos das Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) do município. O projeto de regulamentação dos plantões é uma discussão antiga e finalmente tramita na Câmara de Vereadores. A Secretaria ainda esclarece que não há falta de médicos para cumprimento da escala, atualmente".

Exames médicos
O vereador Antônio Lemos, de São José, entrou com um requerimento, em regime de urgência, que solicita esclarecimentos à prefeita Adeliana Dal Pont e à secretária municipal de Saúde, Sinara Regina Simioni, sobre um edital. O parlamentar questiona o chamamento público para habilitação de entidades filantrópicas para a realização de exames especializados na saúde. O valor do edital é de R$ 2 milhões para realização de 74 mil exames.

Acompanhe as últimas publicações de Rafael Martini

O adeus ao mestre da conciliação

UPA Norte em Florianópolis terá menos médicos em outubro 

Gean Loureiro cobra Deinfra sobre o avanço do mar na SC-406

 Veja também
 
 Comente essa história