Infraero implantará autodespacho de bagagem em sete aeroportos Ver Descrição/Agencia RBS

Foto: Ver Descrição / Agencia RBS

A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) informou na segunda-feira (14) que implantará até o próximo ano o autodespacho de bagagens (Self Bag Drop) em sete aeroportos sob sua administração. O primeiro a receber o novo serviço será o aeroporto de Recife (PE), que contará com pontos de autodespacho no segundo semestre.

De acordo com a Infraero, o serviço será implantado em mais seis aeroportos até o final deste ano e no começo do primeiro trimestre de 2019: Congonhas (SP), Santos Dumont (RJ), Curitiba (PR), Belém (PA), Goiânia (GO) e Maceió (AL).

"A Infraero será a primeira operadora de aeroportos do Brasil a implementar a solução de autodespacho de bagagem (Self Bag Drop) em sete terminais sob sua administração. O objetivo é aprimorar o atendimento aos passageiros e otimizar a infraestrutura dos aeroportos", anunciou a assessoria da empresa.

Segundo a empresa, a medida, já adotada em outros aeroportos do mundo, permitirá a realização do check-in nos terminais de autoatendimento e o despacho de malas "de maneira rápida e fácil, além de melhorar a capacidade de atendimento do aeroporto e das empresas aéreas."

A Infraero disse ainda que o autodespacho de bagagens observará as políticas de cada companhia aérea. Outra medida anunciada é o check-in compartilhado. Os dois serviços fazem parte de um contrato de concessão comercial de 15 anos, firmando entre a Infraero e a Sita.

De acordo com a estatal, o check-in compartilhado reunirá as plataformas das empresas aéreas num mesmo totem de autoatendimento, "permitindo que o passageiro faça seu registro de embarque sem precisar enfrentar filas das companhias, o que otimizará os espaços e dará mais opção a quem embarca nos aeroportos da Infraero atendidos pela solução".

Leia também:

Uber vai permitir avaliação de motoristas durante a viagem

 Veja também
 
 Comente essa história