Para refrescar: carrinhos vendem chope e cervejas artesanais nas praias de Florianópolis Léo Cardoso/Agencia RBS

Turistas tiram foto com carrinho da Maria Cervejeira, comandado por mãe e filho no Campeche

Foto: Léo Cardoso / Agencia RBS

Enquanto o #DCpelaspraias gravava a matéria sobre o hit do verão nas areias do Campeche, um carrinho fofo chamou a nossa atenção. Era o Maria Cervejeira, comandado pela mãe e filho Márcia Martins e Gustavo Maria, que vendem chope e cervejas artesanais na praia.

Ela é jornalista e ele, engenheiro agrônomo. Em julho de 2016, lançaram um food bike para vender cervejas em feiras e eventos particulares. Com a aproximação do verão, tiveram a ideia de adquirir um carrinho e levá-lo para a beira do mar . Atualmente chegam a vender até 2 barris por dia, o que dá cerca de 200 copos de 400 ml. Cada um custa R$ 10 e há apenas uma variedade de chope: o queridinho pilsen, da cervejaria Klaus Bier, de Florianópolis. A dupla também vende garrafas de 600 ml dos tipos pale ale, trigo e schwarz por R$ 20. O pagamento pode ser feito em cartão. 

— Tem feito sucesso. Das garrafas, a galera pede bastante a pale ale — conta Gustavo.

Quem quiser se refrescar com um chope pode encontrar a Maria Cervejeira diariamente, das 11h às 18h entre o Point do Riozinho e a "lomba do sabão", perto da escolinha de surf, no Campeche.

Os carrinhos de chope não são exatamente uma novidade, já que era possível encontrá-los nas praias da Capital em outros verões. Porém, não são tão comuns: no Campeche, por exemplo, há apenas a Maria Cervejeira e outro de Chopp Brahma. Outras praias que têm vendedores habilitados para vender o produto são a Daniela, Jurerê Internacional, Canasvieiras, Ingleses e Lagoinha.

Fusca Rosa

Alerta: rende um brinde e fotos para o Instagram Foto: Reprodução/Facebook

Se você avistar este Fusca rosa em alguma praia do norte da Ilha, pode chegar junto: o  food truck HerBier vende chopes e cervejas artesanais nos arredores dos Ingleses, Santinho e Canasvieiras. Idealizado pela nutricionista Giorgia Rech, o automóvel atrai curiosos pela cor e também pelo fato de as torneiras de chope saírem da janela do banco traseiro. Um charme. 

— Tenho esse Fusca desde os 17 anos. Minha ideia era criar um food truck de comida, mas pesquisando o mercado decidi trabalhar com cervejas — conta a empresária. 

Há sempre dois tipos da bebida, a pilsen e uma especial, como pale ale ou weizen. Os preços dos copos variam entre R$ 8 e R$ 12 para a pilsen e R$ 10 e R$ 14 para as especiais. Quem quiser levar para a casa um growler (garrafa de vidro que conserva a bebida) de um litro desembolsa de R$ 30 a R$ 34. Para quem já tiver a garrafa e quiser encher, custa entre R$ 20 e R$ 24. Aceita cartão.

Para saber onde o Fusca está no dia, é só mandar um WhatsApp para a Giorgia no número (48) 99851-5007.

Leia outras matérias do DC Pelas Praias:
Experimentamos o drink mais ostentação de Canasvieiras
Um dia com 50 pila em Floripa
VÍDEO: #deuonda, sertanejo e reggaeton são os hits das praias de Floripa neste verão
Fomos curtir a Mystik, festa para argentinos que ocorre nos domingos de verão em Jurerê

Leia também a reportagem multimídia Turismo no Quintal com dicas sobre viagem pelo estado de Santa Catarina

*Os repórteres do DC Pelas Praias estão diariamente circulando pelo litoral catarinense durante o verão. Acompanhe aqui e nas redes sociais do DC a nossa cobertura da temporada.

 Veja também
 
 Comente essa história