Catarinenses são homenageados no Troféu Viver SC Marco Favero/Agencia RBS

Homenageados recebem o Troféu Viver SC

Foto: Marco Favero / Agencia RBS

Uma noite dedicada à pluralidade de SC e ao reconhecimento de catarinenses que levam o nome do Estado pelo mundo. Assim foi o Troféu Viver SC, evento que marcou o encerramento da quarta temporada do projeto do Diário Catarinense. A cerimônia ocorreu ontem na sede da Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (Acate), em Florianópolis.

Em sua terceira edição, o Troféu Viver SC foi entregue a seis catarinenses que elevam o nome de Santa Catarina: o jornalista Ascânio Seleme; o arcebispo Dom Murilo Krieger; o casal de velejadores Heloísa e Vilfredo Schurmann; o empresário Luiz Fernando Furlan e o atleta Tiago Splitter. 

— Por meio do Viver SC, as milhares de pessoas que se encantam com as paisagens naturais e urbanas deste lugar passaram a apreciar também as pessoas que elevam o nome do nosso Estado. Por isso, o projeto se desdobrou em uma campanha de comunicação, concursos culturais, séries de reportagens e exposições de fotos, até chegarmos mais uma vez a este grande momento, com a entrega do Troféu Viver SC — destacou o diretor de Jornais e Rádios da RBS SC, Adriano Araldi.

Na solenidade, foram relembradas as principais ações do projeto, como os cadernos especiais e produções multimídia, cheios de histórias, imagens e dicas para contribuir com os leitores na busca dos melhores cliques. 

Na cerimônia também foi destacada a melhor foto produzida pelos leitores do DC. A imagem é do leitor Edson Hostins, de Blumenau, que subiu 1.043 metros do Morro do Cambirela, em Palhoça, e registrou uma paisagem coberta de nuvens. Desde o início do projeto, já são cerca de 210 mil imagens compartilhadas com a hashtag no Instagram. 

O evento ainda contou com a apresentação da manezinha que representou o Estado no The Voice Brasil, Bruna Góes.  

Confira o que disseram os homenageados:

Tiago Splitter

O colunista do DC Roberto Alves (D) entrega o troféu para Cássio Roberto Splitter, pai do jogador de basquete Tiago Splitter Foto: Marco Favero / Agencia RBS

— Queria agradecer pelo Troféu Viver SC. Represento SC por onde passo, tenho muito orgulho disso e sempre falo muito do nosso Estado. Minhas raízes são em SC, minha família mora aí e tenho negócios no Estado. Espero continuar levando muito esse nome no Brasil e para fora dele — disse Tiago Splitter em vídeo exibido na premiação.

Luiz Fernando Furlan

O diretor de jornais e rádios da RBS SC, Adriano Araldi (D), com o empresário Luiz Fernando Furlan Foto: Marco Favero / Agencia RBS

— Nasci em Santa Catarina e com muita pouca idade fui estudar em São Paulo, mas  vinha para Concórdia, onde nasci, nas férias e passava o verão em Piçarras. Sou a segunda geração em SC. Até hoje prezo muito pelo nosso Estado e inclusive me emociono quando falo. SC é um orgulho. Normalmente quando venho para cá saio com as baterias recarregadas — destacou Luiz Fernando Furlan.

Ascânio Seleme

O diretor de jornalismo da RBS TV, Eurico Meira da Costa (D), com o jornalista homenageado Ascânio Seleme Foto: Marco Favero / Agencia RBS

— Sou daqueles catarinenses que enchem o peito ao dizer de onde vêm. Sempre, a qualquer tempo e lugar, as pessoas respondem que adoram esta terra. Que este é o recanto mais bonito do Brasil. Que este é o Estado mais equilibrado do país. Mas como um filho de libanês foi nascer numa terra de alemães? Perguntam. Respondo que este Estado é múltiplo. Que aqui cabem todos, muito bem. Nasci em Canoinhas, morei em Itaiópolis e Florianópolis. Aqui na ilha minha família fincou raízes. E é para cá que virei em breve, quando me aposentar — afirmou Ascânio Seleme.

Vilfredo  e Heloísa Schurmann

O presidente da RBS em Santa Catarina, Mário Neves, entrega a premiação para o velejador Vilfredo Schurmann, representando também a esposa Heloísa Schurmann Foto: Marco Favero / Agencia RBS

— Todo comandante de um barco necessita da tripulação, porque é um trabalho em equipe e, no nosso caso, nas cinco navegações, nós tínhamos a tripulação da terra e de mar, e sem ele o capitão não leva o barco a lugar nenhum. Esse espírito de equipe foi muito importante em todas as nossas jornadas. É a nossa equipe, é a nossa família, e por isso agradeço a eles — Vilfredo Schurmann.

Dom Murilo Krieger

O diretor institucional e jurídico da RBS em SC, Paulo Gallotti, entrega o troféu para o arcebispo Dom Murilo Krieger Foto: Marco Favero / Agencia RBS

— Receber o Troféu Viver SC é uma oportunidade para reconhecer um dom que recebi, sem mérito algum de minha parte: ter nascido neste Estado. Tendo vivido boa parte de minha vida em outros Estados, sempre elogiei SC e sempre foi objeto de admiração dos outros saberem que sou catarinense. Santa Catarina me deu os três maiores presentes de minha vida: a fé no Deus de Jesus Cristo, o privilégio de ter vivido numa família profundamente unida e a alegria de ter amigos que me fazem amar a vida — destacou o arcebispo Dom Murilo Krieger.

Homenageados, patrocinadores, apoiadores e representantes da RBS SC Foto: Marco Favero / Agencia RBS

Leia também

Confira as notícias do Viver SC

Confira quais foram as fotos que se destacaram no Concurso Cultural Viver SC

Confira o perfil dos vencedores do Troféu Viver SC de 2017





 Veja também
 
 Comente essa história