Nas urnas, os partidos de esquerda costumam levar a pior em Santa Catarina: apenas um em cada cinco eleitos no Estado desde 1982 está do lado esquerdo do espectro político. Nos costumes, uma pesquisa feita com os vereadores de SC revela que a maioria é contra o aborto e contra a legalização das drogas. Mas isso é suficiente para decidir de que lado estão os catarinenses?

Marcos Piangers: O Catarinista

Nesta reportagem, o DC conversa com especialistas, destrincha dados e analisa a questão com políticos para responder à questão: somos de direita?

Para conferir, basta clicar na imagem abaixo.

Caderno Nós

 

DIÁRIO CATARINENSE
 Veja também
 
 Comente essa história