A variedade de línguas em Santa Catarina se deve principalmente à presença dos índios e à chegada dos imigrantes. Proibidos pela ditadura Vargas de se expressar se não em português, esses grupos viram os falares de seus antepassados quase desaparecerem e ficarem restritos ao meio rural. Mas a ideia de um país plurilíngue voltou a ser valorizada e cada vez mais municípios oficializam uma segunda forma de se comunicar. 

Clique na imagem para acessar o especial:

Caderno Nós 19 SC um estado poliglota

Acompanhe outras publicações do Caderno Nós

 Veja também
 
 Comente essa história