Aos 94 anos, o lageano Glauco Olinger garante que nunca tirou férias. Com tanto tempo de vida e tão pouco de descanso, é dono de um currículo comprido. Foi secretário de Estado da Agricultura e da Educação, presidente da Empresa Brasileira de Assistência Técnica e Extensão Rural (Embrater) – predecessora da Embrapa –, fundador do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), pró-reitor da UFSC e fundador e presidente da Associação de Crédito e Assistência Rural do Estado (Acaresc), que transformou-se, depois, na Epagri. Como consultor da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO), participou de projetos de extensão rural em Angola e Cabo Verde. No Paraná, assentou 3,5 mil famílias em um programa de reforma agrária. E isso é só parte da lista.

Clique na imagem para acessar a reportagem:


 Veja também
 
 Comente essa história