Em uma rotina imersa nas relações mediadas pelas redes sociais e a internet, descobrir o que se passa na cabeça de crianças e adolescentes se tornou um desafio crescente para os país. O isolamento e a dificuldade de interação levam ao crescimento de doenças como a depressão, que já é a principal causa de doença entre jovens de 10 a 19 anos segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Muitos pais simplesmente desconhecem que os filhos podem estar deprimidos e doentes. Nem sempre aquela tristeza, birra, raiva e isolamento que veem em casa diariamente é ¿coisa boba de aborrecente¿. 

Para os especialistas, o importante é que os pais estejam presentes, imponham limites e se esforcem para estabelecer conexões reais com os filhos. Na prática, isso nem sempre é tão fácil quanto parece. 

Clique neste link ou na imagem abaixo para acessar o especial sobre o assunto.

Foto: Arte / DC


 Veja também
 
 Comente essa história