ÁUDIO: ouça a íntegra da gravação do diálogo de Temer e dono da JBS EVARISTO SA/AFP

Foto: EVARISTO SA / AFP

O Supremo Tribunal Federal (STF) retirou o sigilo da delação premiada dos donos da JBS. Entre os documentos tornados públicos nesta quinta-feira está a gravação feita por Joesley Batista — um dos proprietários do grupo — de um diálogo com o presidente da República, Michel Temer. Na conversa, Temer indica o deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) para receber R$ 500 mil como propina para resolver um assunto do interesse da JBS. O presidente também avalizou o repasse de dinheiro para comprar o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e do doleiro Lúcio Funaro, ambos presos.

— Tem que manter isso, viu? — incentiva Temer.

Leia mais
"Não renunciarei", afirma Temer em pronunciamento
Fachin autoriza abertura de inquérito contra Michel Temer
O que revelaram os donos da JBS na delação que implodiu Brasília 

Confira abaixo a íntegra do diálogo:



 Veja também
 
 Comente essa história