A equipe do telescópio espacial Kepler da Nasa anunciou nesta segunda-feira a descoberta de 219 possíveis exoplanetas, dez deles de um tamanho similar ao da Terra, onde hipoteticamente poderia existir água em estado líquido e permitir a vida.

No total, 4.034 potenciais exoplanetas - planetas fora do Sistema Solar - foram detectados pelo Kepler até hoje, dos quais 2.335 foram confirmados por outros telescópios.

Cerca de 50 destes planetas são de um tamanho próximo ao da Terra e se encontram na zona habitável das suas estrelas, incluindo os últimos dez cuja existência foi divulgada na segunda-feira.

Mais de 30 destes exoplanetas potencialmente irmãos da Terra foram confirmados.

"Este catálogo meticuloso é o fundamento científico que permitirá responder diretamente a uma das questões mais atrativas da astronomia, que é determinar o número de planetas irmãos da Terra" na Via Láctea, explicou Susan Thompson, integrante do grupo de cientistas da equipe do Kepler e do instituto Seti, dedicado à busca de inteligência extraterrestre.

Estas últimas descobertas foram anunciadas à imprensa no âmbito da conferência "Fourth Kepler and K2 Science" que é realizada esta semana no centro de pesquisas Ames da Nasa, na Califórnia.

Nesta conferência, foi apresentada a versão final e a mais completa e detalhada do catálogo dos exoplanetas descobertos a partir de dados coletados durante quatro anos de observações desse telescópio.

O Kepler foi lançado em 2009, mas sua missão original foi finalizada inesperadamente em 2013 devido a uma falha dos seus giroscópios.

O telescópio escrutou 150.000 estrelas na constelação de Cygnus.

* AFP

 DC Recomenda
 
 Comente essa história