Contratar policiais e agentes penitenciários no modelo privado pode ser a solução para insegurança Marco Favero/Agencia RBS

Foto: Marco Favero / Agencia RBS

Todas as corporações reclamaram no Dia S organizado pela NSC Comunicação da falta de efetivo para melhor a segurança dos catarinenses. Muito bem. Então, mãos à obra: que tal modificar a lei e permitir a contratação de policiais e agentes penitenciários no modelo privado, sem a necessidade dos concursos

As vantagens são muitas: trabalhou mal, rua; prevaricou, rua; foi violento sem razão, rua; abusou da autoridade, rua; de quebra, não aumentaria a cauda previdenciária e oxigenaria as fileiras com jovens fisicamente aptos para as atividades policial e prisional a cada rodada do processo seletivo. 

Querem um modelo para se inspirar? Os oficiais e praças temporários das FFAA, que constituem parte substancial do efetivo, e são devolvidos à vida civil antes de completarem 10 anos de serviço, fase a partir da qual teriam direito à estabilidade. Enquanto isso, estudam, se aperfeiçoam e se preparam para a mudança de condição que certamente virá. 

O quadro na parede
O PSDB de Santa Catarina manda dizer pelo assessor de imprensa, Giancarlo Baraúna, que tem projeto, sabe o que quer e aonde quer chegar. Os tucanos estão entre as três maiores agremiações partidárias de Santa Catarina e já administra quase 1,3 milhões de catarinenses, em 39 prefeituras e conta com quase 110 mil filiados, por isso e por querer um novo ciclo de desenvolvimento para Santa Catarina, terão candidato próprio ao governo do Estado em 2018. Vão encabeçar uma chapa. Portanto, quadro que não está na parede não pode cair.

Favor x favor
O idealista Ney Mattos, que passa os dias pensando em maneiras de ajudar as pessoas, está sugerindo que cada uma delas se proponha a fazer três favores por dia. Os que receberem os favores farão favores a três outras pessoas, que farão favores a três outras e assim sucessivamente. No final das contas, todo mundo estaria fazendo favores a todo mundo.

Agora, Nei, faça o favor de deixar eu trabalhar. A ideia é boa, mas preciso escrever uma coluna de duas páginas.

Acompanhe as últimas publicações do Cacau Menezes

FOTOS: veja as imagens da coluna de Cacau Menezes desta quinta

Arnaldo Antunes volta a Florianópolis para show em setembro

Cenário político em Santa Catarina toma forma para 2018

 Veja também
 
 Comente essa história