A paulista Mobly, líder nacional em vendas de móveis por e-commerce, confirmou que vai instalar em Santa Catarina o seu principal centro logístico do país. A companhia, que se projeta no mercado com móveis e objetos de decoração com design próprio e mais de 150 mil produtos, escolheu o Estado por contar com fornecedores do setor, logística portuária de qualidade e instituições de ensino com formação na área de tecnologia, principalmente engenharia de computação. 

Com esse investimento, o plano é multiplicar a empresa por três em cinco anos. Esta é mais uma companhia atraída para Santa Catarina pela Investe SC, a agência de atração de investimentos do Estado que prospecta negócios e fornece informações técnicas para embasar decisões de investidores. 

Marcelo Marques, um dos três sócios-fundadores da Mobly, informa que a opção de local do centro de distribuição deve ser pela região Norte do Estado, com proximidade de portos, mas ainda não há decisão sobre o município. Ele disse não poder revelar o total de aportes em SC porque tem cláusulas de confidencialidade com investidores que atuam em bolsas de valores. 

A empresa, que é a maior da América Latina no varejo digital de móveis, tem sede administrativa em Itupeva, a 40 quilômetros da cidade de São Paulo, onde tem também um centro logístico de 30 mil metros quadrados e emprega cerca de 200 pessoas.  Esse número de vagas é multiplicado por 20 indiretamente nas áreas de logística e produção. Em SC, a operação será bem maior e os principais fornecedores de móveis estão no Estado, no Paraná e Rio Grande do Sul.

—  A gente tem planos futuros não só de importação, mas também de exportação. Aqui em Santa Catarina a gente tem portos com qualidade e eficiência de primeiro mundo  — afirma Marques.  

Os engenheiros da Mobly
A ideia de criar um e-commerce de móveis teve inspiração nos Estados Unidos onde os três amigos engenheiros Victor Noda, Mário Fernandes e Marcelo Marques faziam pós-graduação e gostaram de uma empresa com esse perfil. Noda é engenheiro mecânico pela Poli-USP e fazia MBA na Kellogg, onde era colega de Marcelo Marques, engenheiro mecânico pelo ITA. Mário Fernandes também fez mecânica na Poli-USP e cursou MBA em Harvard. Eles atuaram em outros grupos e abriram a Mobly em 2011. Hoje, a empresa é a maior da América Latina no segmento e conta com 10 milhões de acessos por mês. 

Acompanhe as publicações de Estela Benetti

Empresários de SC criam plataforma voltada para governança corporativa

Micro e pequenas empresas  geram 1 milhão de empregos em SC

"Quanto mais melhor", diz ex-presidente do Banco Central sobre reformas

 Veja também
 
 Comente essa história