Moscou espera que o dirigente da Coreia do Norte, Kim Jong Un, vá à Rússia em 2019 para um encontro com o presidente Vladimir Putin, declarou nesta quarta-feira (7) o conselheiro do Kremlin, Yuri Ushakov.

"Espero que esta visita seja possível no ano que vem", declarou a jornalistas, citado pelas agências de notícia russas.

Em junho, Vladimir Putin havia convidado Kim Jong Un para a Rússia no âmbito de um fórum econômico organizado em setembro em Vladivostok, mas o líder norte-coreano não compareceu.

O chefe da diplomacia russa, u Lavrov, também convidou o líder norte-coreano quando se reuniram em Pyongyang em maio.

Kim Jong Un nunca visitou a Rússia nem se reuniu com Vladimir Putin, mas seu pai, Kim Jong-il, havia visitado seu grande vizinho em duas ocasiões.

No início de novembro, o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, declarou que a "visita do presidente Kim Jong Un à Rússia (...) acontecerá em breve".

* AFP

 Veja também
 
 Comente essa história