O decreto de emergência financeira da prefeitura de Itajaí tem deixado muito empresário de orelha em pé. Isto porque a Secretaria de Desenvolvimento Econômico terá que apresentar uma lista de todos os contribuintes que receberam incentivo fiscal e estímulo econômico nos últimos cinco anos.

Em cada caso, será avaliado se o benefício ainda se justifica e se houve alteração de atividade sem autorização do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social. Se houver inconformidade, o benefício pode ser cancelado.

 Veja também
 
 Comente essa história