A comitiva de Itajaí que acompanha a Missão Catarinense em Israel entregou nesta quarta-feira na sede da Microsoft, em Tel Aviv, um convite para que a gigante mundial conheça de perto o projeto do Distrito de Inovação, que pretende reunir aceleradoras de porte mundial. O prefeito Volnei Morastoni (PMDB) foi recebido por Navot Volt, diretor da Microsoft Acelerator.

A empresa, que tem sete aceleradoras no mundo, não tem planos de expansão para a América Latina no momento. Mas, segundo Jair Bondicz, presidente da empresa pública Itajaí Participações, a apresentação e o modelo do Distrito de Inovação de Itajaí, desenvolvido pela empresa Surbana Jurong, de Singapura, teriam empolgado os representantes da Microsoft.

O prefeito levou um protocolo de recomendações do Ministério da Ciência e Tecnologia, do Governo do Estado e da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). A Microsoft responderá nos próximos dias se aceita o convite para conhecer de perto o Distrito de Inovação.

_ Foi o primeiro passo concreto. Não queremos criar expectativas, mas estamos otimistas _ diz Bondicz.

O Distrito ficará no entorno do Centro de Inovação, que é construído pelo Governo do Estado. São prédios empresariais, que abrigarão aceleradoras de crescimento, e também áreas de lazer e residencial. A expectativa é de um investimento privado de R$ 1,7 bilhão nos próximos 15 anos.

DIÁRIO CATARINENSE
 Veja também
 
 Comente essa história