Meninos fazem crochê durante o recreio em escola de Itajaí Willian Goe/Arquivo Pessoal

Foto: Willian Goe / Arquivo Pessoal

O professor Willian Goe, que dá aulas de percussão no Centro de Educação Integral (Cedin) Dilzelena Márcia Teixeira, no Bairro São Vicente, em Itajaí, teve a sensibilidade de registrar a concentração de um grupinho de alunos fazendo crochê na hora do recreio. 

A meninada aprende os trabalhos manuais na própria escola, e o crochê foi uma ideia da professora Fátima Demartin, para mostrar como materiais como o barbante podem ser reaproveitados.  Os meninos gostaram tanto da experiência que até mesmo os que não estavam inscritos na oficina pediram para aprender. 

O resultado é esse: linhas e agulhas a todo vapor a cada intervalo das aulas. 

 Veja também
 
 Comente essa história