Em breve todos os cavalos usados pela Polícia Militar de Santa Catarina sairão de Indaial. Na cidade será instalado um criatório com laboratório de melhoria genética, fruto de uma parceria a ser oficializada entre o governo estadual e a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Cavalos da PM serão criados em Indaial
Foto: Leo Munhoz, BD, 22 / Agência RBS

Curta Pancho no Facebook
Siga Pancho no Twitter

A estrutura será montada onde já havia anteriormente um laboratório de melhoria genética para bovinos, junto à sede da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de SC (Cidasc) na cidade. A PM está limpando o local para em seguida a UFSC montar o laboratório.

Segundo o tenente-coronel Jefferson Schmidt, comandante do 10º Batalhão da Polícia Militar em Blumenau, o trabalho deve começar com a chegada de cinco éguas e dois garanhões. Ele prevê que em cinco anos a Polícia Militar será autossuficiente na produção de animais para uso da corporação. Em 10 anos a PM de SC poderá ser fornecedora de matrizes para outros estados.

Local passa por limpeza em Indaial
Foto: Pancho / Agência RBS

A novidade também pode ser o embrião para a criação de um pelotão da cavalaria no Médio Vale, uma das metas do comandante desde que assumiu a corporação no ano passado.

Animais sob medida

O comandante do Regimento da Polícia Militar Montada, tenente-coronel Marcos José Besen, esteve ontem no local. Ele acompanhou de perto a limpeza feita pelos alunos do curso de soldados e diz que o projeto é único no Brasil. Hoje a PM de Santa Catarina tem 270 animais e todos são comprados por licitação. Na maioria das vezes eles vêm do Rio Grande do Sul e nem sempre são adequados ao serviço, apesar de todas as exigências feitas na licitação.

– Com a novidade poderemos criar cavalos “sob medida” para a patrulha montada.

 Veja também
 
 Comente essa história