Darci Debona: Gaeco faz operação contra fraude em medidores de energia elétrica Divulgação / Gaeco/Ministério Público de SC/Gaeco/Ministério Público de SC

Foram aprendidos 30 medidores de energia elétrica de origem ilícita durante a manhã desta quinta-feira

Foto: Divulgação / Gaeco/Ministério Público de SC / Gaeco/Ministério Público de SC

Quatro pessoas foram presas, uma foi conduzida coercitivamente e dezessete mandados de busca e apreensão foram realizados nas cidades de Chapecó, Blumenau, Indaial e Jaraguá do Sul, na manhã desta quinta-feira. A ação faz parte da operação "Meia Conta", realizada pelo Grupo de Atuação Especial e Combate à Organizações Criminosas (Gaeco), em apoio à 10a Promotoria de Justiça da Comarca de Chapecó.

O objetivo é combater a fraude de medidores de energia elétrica ocorrida no Oeste do Estado e Vale do Itajaí. De acordo com as investigações do Gaeco, realizada nos últimos três meses, uma associação criminosa de pelo menos sete pessoas atuava há dois anos vendendo medidores que possibilitariam a fraude. Foram identificados 35 estabelecimentos beneficiados pelo esquema. Também foram apreendidos 30 medidores de origem ilícita além de cheques e dinheiro.

O valor do prejuízo será apurado após avaliação de profissionais de Celesc. À tarde o Ministério Público deve passar mais detalhes da opreação.

Acompanhe outras publicações de Darci Debona

Leia também:

Chapecó está entre as 20 cidades que mais geraram emprego no Brasil

Receita federal da fronteira será transformada em Alfândega 

Quebra da safra do trigo será de 38% em SC

 Veja também
 
 Comente essa história