A expectativa de vida em Santa Catarina é a maior do Brasil, de acordo com a Síntese de Indicadores Sociais de 2008, pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgada nesta quarta-feira. A expectativa de vida — descrita como "esperança de vida ao nascer" na pesquisa — alcançou 75,3 anos em 2007, empatando com o Distrito Federal. 

No último levantamento, de 1997, os catarinenses viviam 72,6 anos.

As mulheres alcançaram o melhor resultado no Estado e têm uma expectativa de vida de 78,6 anos. Os homens catarinenses vivem em média 72,1 anos.

O número acompanhou a tendência nacional. Nesse mesmo período, a média brasileira cresceu 3,4 anos, chegando a 72,7.

Outro bom resultado divulgado na pesquisa é a taxa de mortalidade infantil, referente ao número de mortes no primeiro ano de vida das crianças: 16,1 por cada mil. Santa Catarina ficou em terceiro lugar nesse índice. Rio Grande do Sul tem o melhor resultado, seguido por São Paulo.

DIARIO.COM.BR
 DC Recomenda
 
 Comente essa história