Um homem foi assassinado na madrugada desta sexta-feira em Balneário Arroio do Silva, no Litoral Sul. Uma desavença e ameaças de morte podem ter sido as causas do homicídio de Luiz Antônio de Oliveira Almeida, 22 anos.

O homicídio aconteceu à 1h30min, em frente a uma lanchonete localizada na principal avenida no Centro do município. A Polícia Militar (PM) afirma que a vítima estava acompanhada da mãe e do padrasto. De acordo com testemunhas, Almeida foi ao banheiro e saiu à rua para conversar com um dos suspeitos de participação no crime. Em seguida, dois homens que estavam em um veículo Gol, de cor bordô, teriam parado no local e executado o rapaz com dois tiros nos ombros e um tiro no peito.

Almeida morreu no local. Era natural de Porto Alegre (RS), e no bairro onde morava, a Área Verde, era conhecido pelo apelido de Sapo. O delegado Jorge Giraldi explica que dias atrás ele teria feito ameaças de morte a pessoas. 

— Acredito que a morte dele tenha sido uma resposta às ameaças que vinha fazendo — afirma Giraldi. A Polícia Civil não tem pistas dos autores do crime.

A polícia acredita na possibilidade de execução. Giraldi assegura que não há conotação política no homicídio. Três pessoas podem estar envolvidas no crime.
RBS TV
 DC Recomenda
 
 Comente essa história