Cinco cidades de SC participam do Hora do Planeta Divulgação/

O ato simbólico é organizado pela ONG ambientalista Worldwide Fund for Nature (WWF)

Foto: Divulgação

Depois de Corupá, no Norte, e de Itajaí, no Vale, chegou a vez das maiores cidades do Estado se mobilizarem para a Hora do Planeta, projeto de uma ONG ambientalista que prevê o desligamento das luzes, neste sábado, das 20h30min às 21h30min. Joinville, Florianópolis e Blumenau aderiram ao projeto.

As cidades catarinenses vão juntar-se a cerca de outras mil, em 80 países e 25 fusos horários, no ato simbólico Hora do Planeta 2009, organizado pela ONG ambientalista WWF.

Promovida globalmente desde 2006, é a primeira vez que a Hora do Planeta será realizada no Brasil. O objetivo é chamar a atenção para a questão ambiental, sugerindo que cidades, empresas e cidadãos façam a sua parte desligando as luzes.

Municípios como São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Brasília e Curitiba já estavam confirmados. As prefeituras irão poupar energia de prédios públicos e pontos turísticos.

Em Florianópolis, será desligada a iluminação da Ponte Hercílio Luz e da Praça XV de Novembro. Em Joinville, a prefeitura irá desligar a iluminação de quatro pontos culturais: a Casa da Cultura, a Estação Ferroviária, o Museu de Arte e o Museu Nacional de Imigração e Colonização.

Em Blumenau, o prefeito em exercício, Rufinus Seibt, confirmou nesta quinta-feira a participação do município no movimento Hora do Planeta. O prédio da prefeitura ficará com as luzes apagadas.

Confira uma das peças publicitárias e a central de vídeos da Hora do Planeta.

Qualquer pessoa pode aderir ao movimento. Basta apagar as luzes de casa no dia e hora da ação. Quem quiser assinar o compromisso em nome do combate ao aquecimento global, pode se registrar no site www.horadoplaneta.org.br.

Assista abaixo a uma das peças publicitárias:



A Hora do Planeta também está no twiiter. No microblog, os organizadores da ação atualizam as cidades, países e pontos turísticos que apagarão as luzes no dia combinado, fazem enquetes e postam fotos e vídeos.

DIARIO.COM.BR
 DC Recomenda
 
 Comente essa história