Vítimas de acidente com ônibus escolar são homenageadas em Abelardo Luz Raquel Heidrich/

Rodovia ficou em meia pista durante cerimônia

Foto: Raquel Heidrich

Familiares e amigos das seis vítimas que morreram em um acidente com um ônibus escolar na SC-467 em Abelardo Luz, no Oeste catarinense, em março de 2007, participaram de um culto em homenagem aos mortos na tragédia, na manhã desta sexta-feira.

A cerimônia ocorreu às margens da rodovia, no ponto onde aconteceu o acidente na localidade de Alegre do Marco, e durou cerca de 50 minutos. O trânsito ficou em meia pista durante o período.

A cerimônia foi organizada por parentes e professores da escola municipal Hildo Bernardino Goulart, onde cinco das seis vítimas eram matriculadas. O colégio fica a 500 metros do local da colisão.

O acidente aconteceu quando o motorista Aurélio Ficagna tentou fazer uma conversão à esquerda para levar os alunos até a escola e foi atingido por um caminhão que vinha em direção contrária. 

Na batida, morreram os estudantes Andressa Aparecida Stangherlin, 15, Josiane da Conceição, 12, Sabrina Royer dos Santos, 11, Alberto Carlos Dapont,12, Dari José dos Santos Júnior, 10, e Leonardo do Amaral, 11.

—A gente não tem mais alegria, mas a esperança é de um dia encontrar ele de novo — disse a mãe de Dari Júnior, Ana Maria dos Santos.

— Nada vai trazer eles de volta — completou a mãe de Alberto Dapont, Albanete Dapont.

O motorista do ônibus foi condenado a pena de seis anos de detenção em regime semi-aberto, além da perda da Carteira Nacional de Habilitação por cinco anos.


DIÁRIO CATARINENSE
 DC Recomenda
 
 Comente essa história