Ladrão escala delegacia de Tubarão para tentar recuperar doces roubados Marcelo Becker/

Ladrão entrou pela janela do segundo andar para buscar guloseimas

Foto: Marcelo Becker

Um ladrão audacioso foi preso depois de escalar e invadir o segundo andar da Central de Polícia de Tubarão, no Sul do Estado, para tentar resgatar caixas de doces que estavam com ele e haviam sido apreendidas duas horas antes. Franck Gomes da Silva foi indiciado por furto e levado ao presídio regional do município.

A ocorrência teve início por volta das 2h45min, quando o suspeito, que tem passagens pela polícia por furto, foi abordado em atitude suspeita por uma viatura da Polícia Militar na região central de Tubarão. Franck estava em uma bicicleta e carregava um aparelho de CD automotivo e sacolas com caixas de doces.

Em depoimento na delegacia, ele garantiu ter recebido o material de um amigo. Por falta de provas, o delegado Daniel Garcia se viu obrigado a liberar o rapaz, mas o aparelho eletrônico e as guloseimas ficaram em uma sala no segundo andar para uma averiguação posterior.

Horas depois, foi confirmado que o som automotivo e os doces haviam sido furtados do interior de um veículo na garagem de um prédio. A dona planejava uma festa junina.

Ao ser solto, Franck ficou escondido perto da Central de Polícia e aguardou o melhor momento para recuperar os produtos furtados. Por volta das 4h40min, quando um investigador saiu de carro para levar uma escrivã em casa, o suspeito conseguiu entrar no segundo andar por uma janela.

Ele encontrou o que procurava: uma caixa de doce de abóbora, um pacote de pé-de-moleque, uma caixa de marshmallow com cobertura de chocolate, uma caixa de maria-mole, flocos de arroz, paçoca, doce de coco, caramelos e puxa-puxa.

Depois de comer algumas guloseimas, Franck foi até a cozinha da delegacia e bebeu refrigerantes que estavam na geladeira. Ao descer as escadas com as caixas, ele foi surpreendido pelo investigador que estava de plantão no térreo e suspeitou do barulho no andar de cima.

Pela "operação de resgate dos doces", o rapaz foi indiciado por furto e levado para o presídio. A proprietária das mercadorias furtadas buscou as guloseimas e o aparelho de CD no início da manhã.

 DC Recomenda
 
 Comente essa história