Alunos de colégio em Florianópolis protestam contra excesso de alunos em sala Hermínio Nunes/

Estudantes protestaram com cartazes na entrada do hall da instituição

Foto: Hermínio Nunes

Cerca de cem alunos do Instituto Estadual de Educação (IEE) em Florianópolis, na maioria do primeiro ano do Ensino Médio, organizaram um protesto na manhã desta sexta-feira contra o excesso de alunos nas salas de aula. A direção do colégio promoveu a chamada reenturmação, fechando uma turma e remanejando os estudantes para outras classes.

Os alunos, que se manifestaram com cartazes na entrada do hall da instituição, temem que o ensino seja prejudicado pela entrada de mais estudantes nas salas e pela possível troca de professores.

De acordo com a coordenadora geral do IEE, Gilda Mara Marcondes Penha, 32 alunos foram remanejados para outras turmas. Ela afirmou que o processo foi feito com "bastante cuidado" e que é necessário para facilitar o ensino e o cálculo dos investimentos.

A reenturmação foi feita devido à evasão de estudantes durante o ano, segundo Gilda. A coordenadora garantiu que nenhuma turma ficará com mais de 40 alunos, limite permitido pela Secretaria do Estado da Educação. O IEE tem cerca de 8 mil estudantes nos períodos matutino, vespertino e noturno.

CBN/DIÁRIO E DIÁRIO CATARINENSE
 Veja também
 
 Comente essa história