As sete pessoas envolvidas no caso de agressão em Timbó, no Vale do Itajaí, vão responder criminalmente pelos fatos ocorridos em 27 de setembro.

Os quatro policiais militares que teriam invadido o apartamento e agredido os três jovens que faziam uma festa serão indiciados por lesão corporal e abuso de autoridade.

O mesmo inquérito policial, que será entregue nesta terça-feira à comarca criminal de Timbó, indicia as supostas vítimas por perturbação de sossego alheio e ameaça.

O caso ocorreu dia 27 de setembro na rua Santa Catarina, bairro Estado, enquanto os jovens promoviam uma festa. De acordo com a investigação comandada pelo delegado Gilberto Azevedo, a invasão ocorreu depois que os policias militares foram três vezes ao local pedir para diminuir o volume do som, motivados por denúncias de vizinhos.

Mas, conforme o inquérito, as supostas vítimas aumentavam o som depois que os policiais iam embora. O vídeo da agressão, feito pelos próprios rapazes, ganhou repercussão nacional.

Veja o vídeo da denúncia:



JORNAL DE SANTA CATARINA
 Veja também
 
 Comente essa história