Policial militar é morto na entrada de Tijucas, na Grande Florianópolis Diego redel/

Área foi isolada para a chegada do IGP

Foto: Diego redel

Dois policiais militares foram baleados na noite desta quinta-feira em Tijucas, na Grande Florianópolis. Um deles morreu dentro da viatura, segundo informações do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar (PM).

O outro policial que estava na viatura foi encaminhado ferido ao hospital. Eles estavam na entrada da cidade e teriam sido alvo de dois homens em uma moto.

De acordo com informações do comandante-geral da PM, coronel Eliésio Rodrigues, a viatura estava parada em uma esquina no Centro de Tijucas quando, por volta das 21h30min, uma motocicleta se aproximou.

Um homem teria descido e atirado contra os policiais. Um deles morreu no local com pelo menos três tiros. O outro foi atingido no braço.

Ainda não se sabe se eles estavam em alguma operação. O local foi isolado para realização da perícia.

Falta de energia

Segundo as Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc), os policiais teriam sido baleados perto de uma subestação de energia. A princípio, a Celesc acreditava que tiros teriam acertado o equipamento e provocado um apagão em Tijucas. Mais tarde descobriram que não tinha relação porque a ocorrência policial aconteceu em outro ponto do município.

A subestação alimenta bairros de cinco municípios da região: Nova Trento, Governador Celso Ramos, Tijucas, Canelinha e São João Batista. Pelo menos 40 mil pessoas estão sem energia.

DIARIO.COM.BR
 Veja também
 
 Comente essa história