Um homem foi assassinado por volta das 15h deste domingo no bairro Barreiros em São José, na Grande Florianópolis. Alex Amaral de Castro, de 25 anos, andava pela rua Santo Antônio quando dois homens num Ecosport preto se aproximaram e descarregaram duas pistolas, uma calibre 380 e outra .40.

Castro foi atingido com 17 disparos na cabeça, braços, pernas, pescoço, abdômen, tórax e costas. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal em Florianópolis.

A vítima carregava um cachimbo de crack dentro de uma pochete. A Central de Polícia de São José suspeita que o homicídio esteja relacionado ao tráfico de drogas.

Os investigadores disseram que o ângulo de entrada dos tiros, perpendicular, sugere que Alex estava no chão e mesmo assim os criminosos continuaram atirando até acabar a munição das pistolas.

O fato de haver marcas de tiros no asfalto e nenhuma nos muros e paredes próximos reforça a hipótese. Nas imediações do corpo foram encontradas cerca de 20 cápsulas.

O carro usado no homicídio foi interceptado pelo Pelotão de Patrulhamento Tático da Polícia Militar na Comunidade Chico Mendes, em Florianópolis, cerca de uma hora depois do crime.

Duas pessoas relacionadas ao Ecosport foram levadas para delegacia, mas acabaram liberadas por falta de provas. Os investigadores têm pistas dos assassinos.
DIARIO.COM.BR E DIÁRIO CATARINENSE
 Veja também
 
 Comente essa história