O ex-presidente socialista chileno Salvador Allende pode ter sido assassinado, segundo material inédito revelado na segunda-feira pela televisão estatal do país. O documento contradiz a versão oficial de suicídio, divulgada pela ditadura do general Augusto Pinochet.

O perito uruguaio Hugo Rodríguez analisou o material e concluiu que Allende recebeu dois disparos, um de arma de baixo calibre e um segundo de um fuzil de guerra.

O programa jornalístico de investigação "Informe Especial", da Televisão Nacional, exibiu um relatório judicial que contém os testes de balística, impressões digitais e provas da autópsia feita no corpo de Allende, elaborado no mesmo dia de sua morte em 11 de setembro de 1973.

Os restos mortais do ex-presidente foram exumados na semana passada para esclarecer as verdadeiras causas de sua morte.

AP
 DC Recomenda
 
 Comente essa história