Começam a valer na quarta-feira as mudanças nas regras de utilização de cartões de crédito. Segundo o Banco Central (BC), as medidas têm como meta evitar um excesso de endividamento dos consumidores.

Confira todas as mudanças nas compras com cartões de crédito

A principal novidade é o aumento no valor da parcela mínima a ser quitada pelo titular do cartão, que sobe de 10% para 15% do total da fatura. A partir de 1º de dezembro, o pagamento mínimo sobe mais uma vez — vai a 20% do total da fatura.

— Se paga mais no cartão, sobra menos para consumir — explica Miguel Ribeiro de Oliveira, vice-presidente da Associação Nacional dos Executivos de Finanças (Anefac).

As restrições para cobrança de tarifas por parte das operadoras são outro ponto importante das mudanças. A partir de quarta-feira, quem contratar um cartão só poderá ser cobrado por cinco tipos de serviço. Hoje, há cerca de 80 tarifas.

As faturas mensais também mudam, sendo obrigatórias a partir de agora informações sobre limites de crédito, total e individual para cada operação, gastos parcelados, valores em separado relativos aos encargos cobrados dos usuários e valores que serão acrescidos à fatura do mês seguinte caso o cliente opte por parcelar o pagamento.

As operadoras também terão de informar o Custo Efetivo Total das operações de crédito que podem ser contratadas pelos usuários.

DIÁRIO CATARINENSE
 DC Recomenda
 
 Comente essa história