A produção de bens de capital (máquinas e equipamentos) recuou 2,9% em abril ante março, informou hoje o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em relação a abril de 2010, houve leve alta de 0,1%. No acumulado de 2011, a produção de bens de capital cresceu 6,2% e, nos 12 meses encerrados em abril, avançou 13,7%.

De acordo com os dados do IBGE, a produção industrial, de forma geral, recuou 2,1% em abril ante março, na série com ajuste sazonal. Já o crescimento de março ante fevereiro foi revisto de 0,5% para 1,1%. O índice de média móvel trimestral da indústria, conforme os dados do instituto, fechou o mês de abril em alta de 0,3%, ante o aumento de 0,9% registrado no trimestre encerrado em março.

Recuo acentuado

O recuo de 2,1% na produção industrial em abril ante março foi o mais acentuado desde dezembro de 2008, quando o índice registrou queda de 2,2%, segundo o IBGE.

_ É preciso lembrar que dezembro de 2008 era o auge da crise (econômica mundial) _ disse o gerente da Coordenação de Indústria do IBGE, André Luiz Machado.

AGÊNCIA ESTADO
 DC Recomenda
 
 Comente essa história