Anvisa realiza nova inspeção no MSC Armonia depois de casos de gripe B Claudia Baartsch/Agencia RBS

Navio MSC Armonia está atracado em Santos, no litoral Sul de São Paulo

Foto: Claudia Baartsch / Agencia RBS

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) está inspecionando hoje (27), o navio de cruzeiros MSC Armonia, da empresa MSC Cruzeiros. O transatlântico, que está ancorado no Porto de Santos, com cerca de 2 mil passageiros a bordo, teve um caso confirmado de  gripe tipo B. Segundo a Anvisa, os passageiros que apresentam algum sintoma da doença estão sendo medicados dentro do navio. Os que não demonstram nenhum sinal de infecção são liberados para desembarque.

Segundo o Ministério da Saúde, desde as 8h da manhã desta segunda a embarcação está sendo submetida a uma avaliação da situação de saúde e aplicação de questionário com passageiros que apresentam sintomas de gripe para realização de investigação epidemiológica. A ação está sendo coordenada pela Anvisa, que atua em conjunto com a Vigilância Epidemiológica do Estado de São Paulo e Vigilância Epidemiológica de Santos.

No dia 17 deste mês, a tripulante do navio Fabiana dos Santos, de 30 anos, morreu. Ela estava internada no Hospital Ana Costa, em Santos, desde o dia 15, quando desembarcou do MSC Armonia com sintomas de gripe e suspeita de pneumonia, mas ainda não foi confirmada a causa de sua morte. No mesmo dia em que Fabiana morreu, mais cinco tripulantes deram entrada no mesmo hospital, com sintomas semelhantes. No sábado (18), mais dois tripulante e três passageiros foram internados. Segundo o hospital, todos os 10 pacientes tiveram alta até segunda-feira passada (20).

Os exames preliminares de todos os pacientes detectaram a presença do vírus influenza B e estão sendo realizados novos exames para diagnosticar a causa da morte de Fabiana.

Segundo a MSC Cruzeiros, a embarcação já havia passado por uma inspeção da Anvisa no dia 18, quando não foi constatado nenhum risco para a saúde de hóspedes e tripulantes. A empresa informa ainda que o navio passou por novas inspeções quando ancorou no Uruguai e na Argentina. No primeiro país, sete tripulantes passaram por um hospital de Montevidéu para observação por apresentarem sintomas de gripe, como coriza e tosse, mas tiveram alta em seguida. Na Argentina, o navio foi rapidamente liberado.

A Anvisa informa que acompanhou o desembarque de passageiros no Porto de São Francisco do Sul, em Santa Catarina, onde o navio fez uma nova parada ontem (26) e que é padrão a realização de inspeções nos navios quando eles cruzam a fronteira de um país para outro. Todas as inspeções realizadas no MSC Armonia, teriam sido, portanto, procedimento padrão.

Segundo a Anvisa e o Ministério da Saúde, a gripe B é um tipo relativamente comum da doença, que não apresenta sintomas diferenciados e nem um índice de mortalidade acima do normal para gripes. Os procedimentos tomados no navio seriam apenas para prevenir que a doença se espalhe, já que os passageiros ficam confinados durante a viagem.

Em nota, a MSC Cruzeiros declarou que segue 'rigorosamente todas as normas internacionais da Organização Marítima Internacional (IMO), do Ministério do Trabalho, da Anvisa e demais autoridades locais. Todas as embarcações estão de acordo com regras e padrões de funcionamento e operação mundiais, além de seguir todas as exigências das agências reguladoras dos países em que operam'.

Com informações da Agência Brasil.
DIÁRIO CATARINENSE
 DC Recomenda
 
 Comente essa história