Menos pessoas morreram nas estradas estaduais no feriadão de Carnaval em Santa Catarina, conforme a Polícia Militar Rodoviária (PMRv). O número de vítimas fatais caiu 25% em relação ao ano passado. Das 18h de sexta-feira até as 12h desta quarta-feira, seis pessoas perderam a vida nas rodovias do Estado, duas a menos do que 2011. O índice de acidentes também reduziu de 173 para 148, sendo 54 deles com vítimas.

As vítimas no trânsito já chegam a 12 somando às mortes nas rodovias federais. O resultado da Operação de Carnaval da Polícia Rodoviária Federal (PRF) deve ser divulgado na manhã de quinta-feira.

A SC-438, em Gravatal, liderou o ranking da rodovia com mais mortes. Na terça-feira, um motociclista colidiu com um caminhão em São Ludgero, no Sul do Estado. Na manhã de sábado, um caminhão bateu de frente em um carro, provocando a morte de um jovem de 20 anos.

Doze horas antes, um motociclista de 30 anos morreu após ser atingido por um carro a poucos quilômetros do outro acidente. Os outros três acidentes foram na SC -411, em Gaspar, na SC- 478, em Timbó Grande, e na SC- 465, em Itá/SC.

A atenção da PMRv foi redobrada nas estradas que dão acesso a balneários e estâncias hidrominerais. Foram feitas 583 barreiras policiais, onde 10 mil veículos foram abordados ou fiscalizados, 2314 motoristas autuados, 66 veículos apreendidos e 16 pessoas foram conduzidas a delegacia.

A falta do cinto de segurança e ultrapassagem indevida foram os principais motivos de autuações. Apesar das campanhas de conscientização sobre os perigos da combinação álcool + volante, 29 motoristas foram detidos por dirigir embriagados.

DIÁRIO CATARINENSE
 DC Recomenda
 
 Comente essa história