Briga do tráfico de drogas resultou na morte da menina Rafaela, em Palhoça Felipe Carneiro/Agencia RBS

Menina estava no portão de casa quando foi atingida pela bala perdida

Foto: Felipe Carneiro / Agencia RBS

O tráfico de drogas é, segundo a polícia, o pano de fundo do crime que chocou a região neste fim de semana: a morte de Rafaela Schlemper de Melo, 10 anos. A menina foi vítima de bala perdida na noite de sábado, dia 3, no bairro Ponte de Imaruim, em Palhoça, Grande Florianópolis.

O alvo do assassino era Cleito Ademilson Teles, de 25 anos. Cleito era usuário de drogas, de acordo com o delegado Attilio Guaspari, da DP de Palhoça, responsável pelo caso. 

— Em princípio foi cobrança de drogas — afirmou Guaspari.

Cleito e o assassino teriam discutido em um bar, a cerca de 100 metros da casa de Rafaela. Cleito teria saído correndo e levado um tiro. Ele foi encaminhado ao Hospital Regional de São José, mas morreu no hospital.

O delegado Guaspari já começou a ouvir testemunhas dos dois homicídios. Por enquanto, não há suspeitos.

DIÁRIO CATARINENSE
 Veja também
 
 Comente essa história