Parceria entre UFSC e Furb dará origem à terceira universidade federal de SC Artur Moser/Agencia RBS

Comissão com integrantes das duas universidades se reúne em 10 dias para discutir o processo

Foto: Artur Moser / Agencia RBS

Uma parceria firmada nesta quarta-feira entre a reitora da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Roselane Neckel, e o reitor da Universidade Regional de Blumenau (Furb), João Natel, vai dar origem a terceira universidade pública federal de Santa Catarina. Blumenau vai ser sede da nova instituição.

As outras duas se localizam em Florianópolis (UFSC) e Universidade Federal Fronteira Sul (Chapecó). O acordo, com aval da assessoria jurídica do Ministério da Educação (MEC), interrompe a polêmica de federalização, desde agosto do ano passado, quando a presidente Dilma Rousseff anunciou a criação de um campus da UFSC em Blumenau.

A indicação da parceria pelo MEC reafirma o que havia sido dito em consultas anteriores: a possibilidade de incorporação de uma instituição municipal por uma federal foi negada por causa de impasses jurídicos que abririam precedentes. A estimativa é que cerca de 500 faculdades no país estejam na mesma situação.

— Estamos certos da construção dessa parceria, que junta uma universidade respeitada como a Furb nos dando a possibilidade de expansão em uma importante região — avaliou a reitora da UFSC.

Roselane viajou nesta quarta-feira para Brasília e deverá ir em busca do processo no qual o MEC apoia a parceria, ainda que não defina o modelo para criação da universidade federal.

Até esta quarta, as reitorias tinham recebido apenas os ofícios a respeito do processo. Esses foram temas definidos na reunião no gabinete da reitora Roselane Neckel. Também foi acertado que três professores da Furb vão se somar a uma comissão com membros da UFSC, e que estava articulada para levantar potencialidades e demandas da região do Médio Vale.

A ideia era que o grupo indicasse cursos e uma cidade para funcionamento. Agora, a comissão agrega os indicados para montar um cronograma de ações. O primeiro encontro tem data marcada para dentro de 10 dias.

O grupo irá levantar alternativas e sugestões relativas à forma de parceria entre as universidades. Mas caberá aos conselhos universitários das duas entidades aprová-las. Ainda assim, o pensamento é de não haverá retrocesso no que está decidido.

— Se depender da Furb, a UFSC poderá estar instalada em Blumenau em 2013. Aliás, gostaríamos que isso tivesse ocorrido em 2012 — brincou o Natel.

O reitor explicou que do ponto de vista legal não existe chance de incorporação dos funcionários municipais pela UFSC. Mas isso poderá ocorrer por convênio, através de cedências. O reitor defendeu que o novo modelo irá responder ao apelo de maior número de vagas públicas na região.

 Veja também
 
 Comente essa história