Mais de 15 toneladas de tainha no primeiro dia da safra anima pescadores na Capital Guto Kuerten/Agencia RBS

Comunidade no Campeche acompanha e ajuda a arrastar pescado para praia

Foto: Guto Kuerten / Agencia RBS

A chegada das tainhas nas praias da Capital deixou pescadores animados nesta manhã de quarta-feira. Na Barra da Lagoa o pescador Valcires Gonçalves, 62, mais conhecido por Fide, relata que trouxe cerca de três toneladas do pescado, além de outros colegas que comemoram o primeiro dia da safra.

>>> VÍDEO:  a chegada das tainhas na Capital

- Hoje cedinho chegou entre 12 a 15 toneladas aqui na Barra - conta.

Ansiosa, Simone Terezinha Neves acompanha pelo rádio, a pesca do marido, Laurentino Benedito Neves, em alto mar, também na Barra. Ela acredita que no início da tarde possa chegar mais um lance.

Na Armação o clima de empolgação também se repete. De acordo com pescadores, cinco toneladas chegaram à praia dos barcos que estavam no mar durante a madrugada. A estimativa é que pescadores tragam mais três toneladas, no decorrer desta quarta-feira.

Cauteloso, o presidente da Federação dos Pescadores de Santa Catarina, Ivo Silva, não quis se precipitar na avaliação. Ele lembra que a tainha pescada já estava no litoral catarinense devido ao frio da semana passada, com origem no Sul do continente que influência no deslocamento dos cardumes.

- Mas esse começo traz uma expectativa favorável aos pescadores. O frio e o vento sul são as condições que esperamos para ter uma boa safra - observa.

DIÁRIO CATARINENSE
 Veja também
 
 Comente essa história