É fundamental aprender e entender a língua portuguesa para o sucesso na carreira profissional, independentemente da área de atuação. Além disso, em época de vestibulares, é necessário intensificar os estudos porque a ortografia e a gramática, por exemplo, são temas muito cobrados nos exames.

Por isso, a Universia Brasil (www.universia.com.br), maior rede ibero-americana de colaboração universitária, explica o que significam essas regras do nosso idioma para auxiliar os candidatos no preparo para o Exame Nacional do Ensino Médio – Enem que acontece em 26 e 27 de outubro deste ano.

Muitos estudantes têm dúvidas inclusive sobre a nomenclatura “ortografia” e “gramática”. O que significa cada uma delas? Quando eu sei que fiz um erro ortográfico ou em que momento cometi uma falha gramatical?

A ortografia dita as regras para a correta grafia das palavras. Por exemplo: abacaxi é com “x”. Ao redigir “abacachi”, há, portanto, um erro ortográfico. Fazem parte da ortografia o uso dos sinais gráficos e de pontuação e a crase.

Já a gramática significa o conjunto de prescrições e regras que determinam o uso considerado correto da língua escrita e falada. A grande diferença, então, é que a ortografia não diz respeito à língua falada, sendo destinada exclusivamente à linguagem escrita. Afinal, “orto” quer dizer correto e “grafia”, escrita.

Um dos melhores instrumentos para o correto uso do nosso idioma é a leitura constante. Ao praticar o ato da leitura é possível se familiarizar com as formas corretas da norma culta e ampliar o vocabulário ao ter acesso a novas palavras. Aliás, é muito importante que ao se deparar com uma expressão desconhecida você busque o seu significado no dicionário, aumentando, assim, o leque de palavras em seu repertório.
TAMER COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL
 Veja também
 
 Comente essa história