Ladrão que deu origem à campanha de marketing de pizzaria furtada em Blumenau pratica Le Parkour Facebook/Reprodução

Campanha sobre o ladrão no Facebook da pizzaria foi um sucesso entre clientes e internautas

Foto: Facebook / Reprodução

O ladrão que deu origem à campanha de marketing da pizzaria furtada em Blumenau pratica Le Parkour (O Percurso), esporte radical criado na França. Os praticantes correm pelas ruas, pulam muros e vencem obstáculos que surgem pela frente.

O jovem que invadiu duas vezes a Pizzaria Don Peppone, num período de três horas, nesta quarta-feira, atravessou obstáculos quase impossíveis.

Na primeira invasão, por volta das 4h, escalou um muro de sete metros, passou por uma cerca elétrica, forçou a madeira do telhado e pulou dentro da pizzaria. Antes do alarme disparar, o ladrão abriu a geladeira e tomou um refrigerante. Na fuga, acabou deixando uma mochila com iPad, R$ 20 em dinheiro, e uma furadeira.

A PM e o proprietário foram chamados. O ladrão saiu fugiu correndo pelo telhado, saltou o muro, disparou pela Rua 7 de Setembro, entrou no terreno de uma casa abandonada e sumiu.

— Na primeira vez, a PM não conseguiu pegar. Ele pratica o Parkour. Já viram ele saltar por cima de uma geladeira e cair do outro lado em pé. Hoje ele saltou de uma altura de sete metros. E ainda pulou a cerca elétrica ligada que eu não sei porque não deu choque — contou o dono da pizzaria, José Prebianca.

No retorno à pizzaria para buscar a mochila com os objetos furtados, cerca de 7h, o ladrão esportista fez o mesmo trajeto: escalou o muro, subiu no telhado e pulou dentro do estabelecimento. Desta vez, foi visto por uma funcionária que estava chegando para trabalhar e chamou a PM.

— Os policiais militares pegaram a escada, subiram no prédio vizinho, entraram no buraco do ar-condicionado. O ladrão saltou do telhado, pulou o muro muito rápido e saiu correndo. Os pms correram atrás. Tiveram trabalho com ele, mas pegaram — contou o dono da pizzaria.

A empresa AG Interfaces, que cuida do site e das redes sociais da Don Peppone acabou criando uma campanha de marketing para reverter a situação. Foi um sucesso nas redes sociais.

 

DIÁRIO CATARINENSE
 Veja também
 
 Comente essa história