Moradores de Itapema planejam protesto contra a falta de água Rafaela Martins/Agencia RBS

Moradores se viram como podem para conseguir água potável

Foto: Rafaela Martins / Agencia RBS

Moradores de Itapema planejam uma manifestação hoje à tarde para protestar contra a falta de água que atinge a cidade. A mobilização ocorreu através das redes sociais. A lista de reivindicações dos manifestantes também inclui o mau cheiro no Rio Perequê e pontos de poluição na praia.

Cidadãos de Bombinhas e Porto Belo também foram convidados para o protesto. A falta de água em Itapema já dura mais de uma semana em alguns pontos, e tem revoltado moradores e turistas.

Nos últimos dias, a grande procura por água potável elevou o preço dos caminhões-pipa às alturas. Alessandro de Souza, síndico de um condomínio na cidade, diz que pagou R$ 500 por um caminhão-pipa no dia 25 de dezembro. Ontem, pagou pelo mesmo volume de água um valor três vezes maior.

A empresa Águas de Itapema, responsável pelo abastecimento na cidade, argumentou que a falta de água foi causada pela demanda além da expectativa.

Mais problemas

As torneiras vazias se repetem em cidades como Camboriú, onde o problema se concentra especialmente nas regiões mais altas. Em Penha, as reclamações vêm de moradores e turistas da Armação, um dos bairros mais tradicionais da cidade. Protestos também ocorreram em Navegantes no início da semana, onde a falta de água atingiu o Bairro Gravatá.
O SOL DIÁRIO
 Veja também
 
 Comente essa história