Imagens de câmeras próximas à Igreja Matriz de Itajaí devem identificar autor de cartaz em homenagem a Hitler Rafaela Martins/Agencia RBS

Cartaz homenageando Hitler, que nasceu em 20 de abril, foi colado em poste no Centro de Itajaí

Foto: Rafaela Martins / Agencia RBS

A Polícia Militar de Itajaí vai averiguar as imagens das câmeras próximas à Igreja Matriz para tentar identificar quem teria colado num poste um cartaz em homenagem a Adolf Hitler. O material foi visto no domingo pela manhã.

De acordo com o oficial do dia da PM, o sargento Fábio de Azevedo, o material será analisado pela equipe da Central de Inteligência. Na Central de Plantão da Polícia Civil nenhum comunicado foi registrado.

No cartaz constam a foto de Hitler e a frase "Heróis não morrem. Parabéns Führer". Há também a assinatura de uma suposta entidade de nome White Front _ frente branca, em tradução livre.

A Lei nº7.716, de 1989, proíbe o uso de materiais que usem a cruz suástica ou gamada para fins de divulgação do nazismo.

Para Alceu de Oliveira Pinto Junior, mestre em Ciência Jurídica e professor da Univali, por não divulgarem o símbolo proibido por lei, os cartazes, em tese, embora polêmicos não são ilegais. Já na opinião do advogado criminalista Honório Nichelatti Júnior depende do ponto de vista do juiz que julgar o caso. Segundo ele o uso da imagem de Hitler pode ser interpretada como apologia ao nazismo, diante de toda a história.
JORNAL DE SANTA CATARINA
 Veja também
 
 Comente essa história