Candidatos ao governo de Santa Catarina participam do primeiro debate eleitoral Guto Kuerten/Agência RBS

Foto: Guto Kuerten / Agência RBS

O primeiro debate dos candidatos ao governo de Santa Catarina das Eleições 2014, realizado na manhã desta sexta-feira, reuniu cinco representantes dos partidos que possuem representação na Câmara dos Debutados. Afrânio Boppré (PSOL), Cláudio Vignatti (PT), Elpídio Neves (PRP), Janaina Deitos (PPL) e Paulo Bauer (PSDB) apresentaram suas campanhas e participaram de blocos com perguntas relacionadas as suas propostas de governo. O candidato à reeleição Raimundo Colombo (PSD) não participou do evento e divulgou, em nota de assessoria, que teve outros compromissos de governo.

::: Confira outras notícias sobre as Eleições 2014 
::: Leia mais informações no blog do Moacir Pereira
::: Ouça a íntegra do debate realizado nesta sexta-feira


Com mediação de Renato Igor e a participação dos jornalistas do Grupo RBS Adriana Krauss, Estela Benetti e Moacir Pereira, o debate durou cerca de duas horas e foi dividido em cinco blocos. Em um primeiro momento, os candidatos se apresentaram para o público, seguido de bloco com sabatina, em que cada um deles respondeu às perguntas dos profissionais de comunicação.

No terceiro e quarto blocos, os participantes trocaram perguntas entre si com tema livre, onde foram discutidos assuntos como saúde, educação, infraestrutura e dívida pública.

Um dos assuntos que mais ganhou atenção dos candidatos foi o enxugamento das secretarias regionais de Santa Catarina. Enquanto Vignatti disse que extinguirá as secretarias, Elpídio falou da importância das SDRs, mas que sua eficiência deve ser questionada. Para Bauer, o modelo das secretarias era adequado há 12 anos, mas precisa ser revisto. Já Afrânio, defende a criação da secretaria estadual das cidades. Janaina Deitos não se manifestou sobre as SDRs, mas enfatizou a importância de transformar as escolas em templos do saber.

No último bloco, os participantes falaram sobre o legado que desejam deixar ao Estado caso sejam eleitos para o governo e anteciparam os compromissos que assumem com a campanha.

O debate terminou por volta das 11h desta sexta-feira e foi transmitido pela TV COM, CBN Diário, Diário Catarinenses e emissoras de rádio associadas à Acaert. Os dois candidatos que não integram coligações com representação na Câmara dos Deputados terão 10 minutos disponibilizados durante a tarde pela TV COM e CBN Diário onde vão poder apresentar suas propostas.

Confira informações dos bastidores:
(Use a barra de rolagem para ver a cobertura) 

DIÁRIO CATARINENSE
 Veja também
 
 Comente essa história