Onze pessoas morrem no final de semana em rodovias federais de Santa Catarina PRF/Divulgação

Homem de 32 anos morreu ao bater em poste na BR-282, em Cunha Porã, no Oeste de SC

Foto: PRF / Divulgação

Sete acidentes em rodovias federais deixaram onze mortos no fim de semana em Santa Catarina.

Na noite deste domingo, uma explosão assustou motoristas na BR-280, em Rio Negrinho. Um Palio branco, com placas de São Bento do Sul, colidiu na traseira de um caminhão e um homem morreu no local. A Polícia Rodoviária Federal atendia à ocorrência no local no fim da noite.

Às 20h35min de domingo, um acidente entre um caminhão, um carro e uma moto fez uma morte e deixou um homem gravemente ferido na BR-116, em Papanduva.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, uma Scânia de São Martinho (RS) parou no acostamento com problemas mecânicos. O caminhão foi atingido pela moto, que saiu para a contramão e atingiu um Ford Escort. O motociclista Edilso Correa Ramos, de 40 anos, morreu no local.

Em Alfredo Wagner duas pessoas morreram na batida entre um carro e um caminhão, às 10h20min deste domingo, no Km 100 na BR-282. Um Citroën C3 com placas de Florianópolis colidiu de frente com um caminhão de Biguaçu.

O condutor do carro, Alexandro Noronha de Freitas, 29 anos, morreu na hora. O corpo do passageiro do veículo aguardava a identificação de familiares na noite deste domingo no IML de Florianópolis.

Quatro vítimas morreram e três ficaram gravemente feridas na madrugada de sábado, em um acidente no quilômetro 37 da BR-116, perto da divisa de Santa Catarina com o Paraná, na região de Itaiópolis, no Planalto Norte.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal de Mafra, que atendeu à ocorrência, os dois veículos – um Peugeot 207, de Rio Negrinho, e um Vectra, de Papanduva – bateram de frente sobre a pista. Não foi possível identificar quem invadiu a pista contrária.

Os dois carros ficaram destruídos e foram jogados para o acostamento. Morreram no local Hilário Maciel Kohler, 42 anos; Hélio da Cruz, 62; Maria Poma da Cruz, 60; e Francisco Lúcio Kotkoski, 33. Hilário era radialista e assessor de imprensa da prefeitura de Monte Castelo, também no Planalto Norte. No momento do acidente, ele estava com a mulher, Ângela Kohler, que foi socorrida e recebeu alta ainda no sábado.

Em Cunha Porã, no Oeste catarinense, Sergio Prior, 32 anos, também morreu na madrugada de domingo em acidente na BR-282, ao colidir o automóvel em um poste.

Ainda na noite de sábado, Marcio Brunetto, que tinha 26 anos e era de Guaraciaba, morreu em um acidente envolvendo outro veículo na BR-282. A colisão ocorreu próximo ao km 354,6, na cidade de Campos Novos.

Um acidente no km 122,9 da BR-470 em Ibirama tirou a vida de Diogo Osvaldo Beber, 26 anos. A colisão transversal aconteceu por volta das 20h de sábado.

DIÁRIO CATARINENSE
 Veja também
 
 Comente essa história